Mulher com as mãos na cabeça

Vitaminas e minerais para cansaço físico e mental: como escolher?

É normal se sentir cansado depois de um dia cheio de atividades intensas. O que não é normal é sentir o mesmo cansaço depois de um dia comum, afinal, não há nada que possa justificar a intensidade da fadiga. Mas você sabia que alguns nutrientes podem ajudar a melhorar esse cansaço, e que a falta delas pode ser justamente a causa dessa falta de ânimo?

Abaixo, veja algumas vitaminas e minerais envolvidas nesse processo e não se esqueça de incluí-las na sua alimentação.

Vitaminas do complexo B: as vitaminas do complexo B (exceto o folato) estão envolvidas na geração de energia pelo corpo. Por isso, a garantia de estar consumindo a quantidade correta dessas vitaminas ajuda bastante a evitar a fadiga1. Caso a alimentação não consiga suprir essa necessidade, é possível suplementar.

Vitamina C: a vitamina C também está envolvida quando se fala de cansaço. Isso porque ela tem um papel fundamental dentro das células que, quando em falta, faz com que o corpo não consiga produzir energia adequadamente1. Por isso, tenha sempre o hábito de consumir alimentos ricos em vitamina C, como laranja, limão, morangos, pimentão, batatas, entre outros2. E, se necessário, também é possível fazer suplementação.

Vitamina D: apesar de levar o nome de vitamina, ela é, na verdade, um hormônio. E que hormônio! Níveis baixos de vitamina D refletem em diversos prejuízos no organismo, inclusive na fadiga3. Por isso, programe-se para se expor de forma controlada ao sol ou, quando os exames de sangue detectarem uma vitamina D baixa, o médico pode prescrever suplementação, sempre de forma individualizada.

Magnésio: consumir magnésio é fundamental para combater o cansaço. Isso porque ele tem um papel predominante na produção e utilização da ATP, a principal moeda energética do organismo, entre outras funções1. Assim como as outras vitaminas e minerais, é também possível suplementar caso a alimentação não seja suficiente para suprir a necessidade diária.

Ferro: apesar de não ser uma vitamina, e sim um mineral, a falta de ferro é uma das responsáveis por uma fadiga intensa, pois ele também está envolvido na produção de energia pelo nosso corpo1. Por isso, é sempre bom analisar periodicamente, juntamente com um médico, como estão os níveis sanguíneos de ferro. Esse alerta vale principalmente para as mulheres, que perdem sangue mensalmente durante a menstruação e, quando a quantidade é alta, pode haver deficiência de ferro4.
No prato, invista em proteínas animais, como a carne bovina, frango ou peixe, e associe sua ingestão com alimentos fontes de vitamina C, já que há uma sinergia entre esses dois nutrientes, fazendo com que o ferro seja melhor absorvido5.

Além das vitaminas Lembre-se que não é suficiente ingerir as vitaminas isoladas, mas também ter uma alimentação equilibrada como um todo. Afinal, calorias também são importantes na geração de energia. Por isso, o ideal é manter o balanço correto de nutrientes ingeridos e gastos, de modo a manter o peso adequado e nutrir o corpo corretamente.

Com isso, é importante consumir alimentos dos mais diversos grupos alimentares: proteínas, gorduras boas, e carboidratos saudáveis. Lembre-se: quanto mais natural e colorido o prato estiver, mais o corpo receberá nutrientes.

  • MAT-BR-2104149
Copyright © 2021 Sanofi. Todos os direitos reservados. Última novembro/2021. MAT-BR-2107118. APENAS PARA RESIDENTES NO BRASIL