Blog

Quais os sintomas do esgotamento mental?

Para entender o que é esgotamento mental, é preciso saber identificar os sinais mais comuns dessa condição. Muitas vezes associados somente ao corpo físico, o cansaço extremo e a falta de energia podem estar ligados a algum transtorno psicológico. O esgotamento mental surge a partir de um período prolongado de extrema atividade cognitiva e pode comprometer diferentes âmbitos da vida, como o desempenho no trabalho e as relações pessoais, além de criar um sentimento de negatividade como resposta a situações problemáticas. Cientistas consideram o esgotamento mental um fenômeno complexo que altera o humor, comportamento e processamento de informações dos indivíduos afetados.1

O esgotamento mental influencia, principalmente, a qualidade de vida, já que diminui o senso de propósito em tarefas comuns do cotidiano. Alguns estudos comprovam, inclusive, que o cansaço mental pode prejudicar o desempenho físico em atividades mais pesadas, como uma corrida extensa ou prática de ciclismo. A explicação é que a função cerebral de uma pessoa esgotada aumenta a percepção de esforço e pode limitar a sua resistência.2

Além da falta de energia e muito cansaço, o esgotamento mental pode se manifestar de variadas formas, com sintomas mais ou menos perceptíveis. Conheça abaixo os mais comuns:

Veja 4 sintomas de esgotamento físico e mental:

1. Falta de atenção para atividades cotidianas Finalizar uma tarefa simples do dia a dia pode se tornar um martírio para uma pessoa esgotada mentalmente. Por isso, a falta de foco frequente é o primeiro sinal de que algo está errado. Biologicamente, a atenção faz parte do comportamento humano e influencia diretamente o processamento de informações. O cansaço mental e físico, no entanto, pode ter efeitos comportamentais causados pela incapacidade de manter a atenção de forma eficiente.3

2. Ciclo do sono prejudicado Além de prazeroso, dormir bem traz benefícios físicos e psicológicos. A má qualidade do sono tende a ser uma das respostas do organismo quando alguns aspectos da vida não estão seguindo da melhor forma. Insônia, sono irregular e sonolência, além de serem sintomas frequentemente ligados a situações estresse, também são comuns em casos de esgotamento mental.4 Quando ocorrem com muita frequência, os distúrbios do sono podem diminuir o nível de funcionamento diário e aumentar a probabilidade de transtornos psiquiátricos mais graves, além de piorar alguns problemas de saúde física.5

3. Comprometimento da memória As funções cognitivas são as mais afetadas em uma pessoa com sintomas de esgotamento mental. Estudos apontam que entre 50 e 85% das pessoas com cansaço mental apresentam disfunções intelectuais, o que acaba influenciando os comportamentos ocupacionais e sociais. Além da concentração, a memória é muito afetada: um estudo do American College of Neuropsychopharmacology, mostrou que pessoas com esgotamento mental significativo apresentaram maior comprometimento da memória em relação a pessoas menos cansadas.6

4. Sensibilidade e pouco controle emocional Irritabilidade, tristeza, raiva, ansiedade. Um dos principais sintomas dos transtornos psicológicos está justamente a dificuldade de dominar esses sentimentos. A falta de controle das emoções é um indicativo de cansaço mental, que se caracteriza também por pensamentos e impulsos intrusivos. Quando o indivíduo tem esse controle afetado, é comum ter dificuldade para regular pensamentos e ações automáticas.7

  • MAT-BR-2105822
Copyright © 2021 Sanofi. Todos os direitos reservados. Última novembro/2021. MAT-BR-2107118. APENAS PARA RESIDENTES NO BRASIL